segunda-feira, 15 de março de 2010

Cinesofia # 2 - Scarface



Bom dia pessoal! Hoje vamos a mais um Cinesofia, com o filme Scarface, de 1983, do diretor Brian de Palma. O gênero filmes de Gangsters já tinha grandes nomes já na década de 80, um deles inclusive tinha a participação do protagonista de Scarface: O Poderoso Chefão, que até hoje é considerado o melhor filme de mafia de todos os tempos.Mas não é sobre ele que vamos falar hoje, o filme Scarface na verdade é um remake do filme de 1932 de Howard Hawks, que num caso raro na sétima arte, consegue superar o original de forma magnífica.



Embora muito criticado na época de seu lançamento devido ao conteúdo ofensivo e vulgar (Al Pacino fala a palavra "fuck" 182 vezes, para se ter uma noção), Scarface é uma epopéia sobre o mundo glamouroso do tráfico de drogas na década de 80. Nunca em minha vida vi uma atuação de gangster mais convincente que a de Al Pacino, superando até a sua atuação nos filmes do Poderoso Chefão. Tony Montana é com certeza um dos anti-heróis mais carismáticos que já existiu, desbocado, agressivo e ambicioso, Al Pacino dá uma show de atuação que compete parelho com outra atuação perfeita desse ator no filme Perfume de mulher.




A história do filme a maioria já conhece: Tony Montana é um refugiado cubano que vai para os Estados Unidos após ser liberado de Cuba. Tão logo chega no país Tony e seu amigo Manny se metem no mundo do crime da bela e ensolarada Florida. No decorrer da história é possível assistir há uma extremamente rápida ascensão de Tony de um simples criminoso há um grande chefe da máfia Miami. Contudo, reviravoltas e problemas acabam mudando o rumo da estória de Tony e ele acaba se vendo afundado em sua ganância e egocentrismo, fechando com um final extremamente trágico e dramático para esse personagem brilhante. Declarações a parte, devo admitir que o ritmo do filme é por horas devagar, mas isso se compensa em personagens muito bem construídos e cenas memoráveis.



Confesso que sou um grande fã desse filme, sua influência na cultura é tão grande que há diversas referências nos mais inimagináveis lugares. Não é nem preciso dizer que a polêmica série de jogos GTA (Grand Theft Auto) foi extremamente inspirada no filme, principalmente o jogo GTA: Vice City que chega a fazer um "Easter egg" do cenário do hotel do filme. Para finalizar pessoal, vou deixar vocês com a minha recriação do famoso poster do filme, espero que gostem e não se esqueçam:

"The world is yours"



Um comentário:

Carol Petry Matzenbacher disse...

1 - FUCK;
2- Não consigo ler a palavra "gangster" sem lembrar do Alcapone;
3 - Al Pacino é muito foda;
4 - Perfume de Mulher é um dos meus favoritos
5 - Tu é um NERD muito modesto em "traduzir" o que significa GTA hahaha;
6 - A tua montagem tá sensacional.

That's it.

Ocorreu um erro neste gadget
Marcos Torres Portfolio